Ao continuar navegando você concorda com as Políticas de Privacidade desse site.

Rádio UnirG

UnirG – Universidade de Gurupi
UnirG – Universidade de Gurupi

Residência Médica



Residência Médica

A Residência Médica foi instituída pelo Decreto nº 80.281, de 05 de setembro de 1977 e constitui uma modalidade de ensino de pós-graduação destinada a médicos, sob a forma de curso de especialização, funcionando em Instituições de Saúde, sob a orientação de profissionais médicos de elevada qualificação ética e profissional, sendo considerada o “padrão ouro” da especialização médica.

O Programa de Residência em Medicina de Família e Comunidade da Universidade de Gurupi – UnirG, está estruturado em dois grupos de atividades: aquelas próprias da especialidade e aquelas em comum ou em conjunto com outras especialidades ou campos de atuação da APS, com o objetivo do ensino-aprendizagem dos conhecimentos necessários para a prática do MFC. O eixo central do processo de ensino aprendizagem é o cuidado integral. Através das atividades práticas e teóricas onde todos os conteúdos e metodologias utilizadas convergem para o aperfeiçoamento e a qualificação do cuidado praticado pelo MFC.

A Universidade de Gurupi - UnirG e a Secretaria Municipal de Saúde, cientes de suas responsabilidades enquanto instituições, respectivamente formadora e prestadora de assistência à saúde, de um contingente expressivo da população sul do estado, apoiam a criação do Programa de Residência em Medicina de Família e Comunidade, entendendo ser este um modelo para formação de profissionais compatível com a necessidade da atuação integrada, colaboração, e objetivos comuns, de profissionais das diferentes áreas de conhecimento. Trabalhar com o profissional especialista é estar preparado para agir com a diversidade, buscando a assistência integral e excelência na qualidade do atendimento. Nossas metas estabelecidas como filosofia do Programa contemplam efetividade, competência e qualidade do desenvolvimento de suas ações profissionais.

De acordo com as normas da Comissão Nacional de Residência Médica (CNRM) o PRMFC se desenvolve ao longo de, no mínimo dois anos, com carga horária semanal de 60 h. A carga horária total do treinamento em serviço é de 2.880h / ano (60h X 48 semanas) ou de 5.760 h /dois anos.

Durante este período os residentes atuarão nos três níveis de atenção à saúde (primária, secundária e terciária) com foco prioritário na atenção primária.

 

Número de residentes previstos no Programa:

4 vagas para R1

4 vagas para R2

 

O plano pedagógico estará norteado nos seguintes princípios:

  • Currículo Centrado no Cuidado
  • Currículo orientado ao aprendizado centrado no residente
  • Currículo integrado coma rede de apoio matricial externo
  • Currículo priorizando a formação de residentes/preceptores

A residência esta alicerçada em seis grandes eixos representados em um corte transversal graficamente. Estes eixos têm três características: eixos de educação permanente, eixos de educação continuada e eixo de formação estratégico.

  •  Atendimento supervisionado por médicos especialistas em família e comunidade;
  •  Treinamento em serviços de atenção primária, secundária e terciária onde são desenvolvidas atividades específicas da formação em MFC;
  •  Aulas teóricas;

As atividades advêm das Unidades Básicas de Saúde Vila Iris, João Manoel, Pedroso e Vila Nova. Em 2020, a Residência Médica realizou quase 30 mil atendimentos.

A Comissão de Residência Médica-COREME UnirG e composta pelos seguintes membros:

Supervisor do Programa de MFC: Dr. Vladimir Tamayo Maestre

Coordenador da COREME: Dr. Yuniel Martinez Hernandez

Coordenadores administrativos e pedagógicos:

Msc. Sávia Denise S. Carlotto Herrera

Adm. Luana Katiúcia de Oliveira Medrado

Representante de Serviços Conveniados – Secretaria Municipal de Saúde de Gurupi: Marcus Vinicius Cardoso de Faria

Representante CRM-TO: Dra. Mônica Mendonça Vieira Marcolino

Representante de Serviços Conveniados SESAU: Dr. Fábio R. de Morais

A Residência Médica foi instituída pelo Decreto nº 80.281, de 05 de setembro de 1977 e constitui uma modalidade de ensino de pós-graduação destinada a médicos, sob a forma de curso de especialização, funcionando em Instituições de Saúde, sob a orientação de profissionais médicos de elevada qualificação ética e profissional, sendo considerada o “padrão ouro” da especialização médica.

O Programa de Residência em Medicina de Família e Comunidade da Universidade de Gurupi – UnirG, está estruturado em dois grupos de atividades: aquelas próprias da especialidade e aquelas em comum ou em conjunto com outras especialidades ou campos de atuação da APS, com o objetivo do ensino-aprendizagem dos conhecimentos necessários para a prática do MFC. O eixo central do processo de ensino aprendizagem é o cuidado integral. Através das atividades práticas e teóricas onde todos os conteúdos e metodologias utilizadas convergem para o aperfeiçoamento e a qualificação do cuidado praticado pelo MFC.

A Universidade de Gurupi - UnirG e a Secretaria Municipal de Saúde, cientes de suas responsabilidades enquanto instituições, respectivamente formadora e prestadora de assistência à saúde, de um contingente expressivo da população sul do estado, apoiam a criação do Programa de Residência em Medicina de Família e Comunidade, entendendo ser este um modelo para formação de profissionais compatível com a necessidade da atuação integrada, colaboração, e objetivos comuns, de profissionais das diferentes áreas de conhecimento. Trabalhar com o profissional especialista é estar preparado para agir com a diversidade, buscando a assistência integral e excelência na qualidade do atendimento. Nossas metas estabelecidas como filosofia do Programa contemplam efetividade, competência e qualidade do desenvolvimento de suas ações profissionais.

De acordo com as normas da Comissão Nacional de Residência Médica (CNRM) o PRMFC se desenvolve ao longo de, no mínimo dois anos, com carga horária semanal de 60 h. A carga horária total do treinamento em serviço é de 2.880h / ano (60h X 48 semanas) ou de 5.760 h /dois anos.

Durante este período os residentes atuarão nos três níveis de atenção à saúde (primária, secundária e terciária) com foco prioritário na atenção primária.

 

Número de residentes previstos no Programa:

4 vagas para R1

4 vagas para R2

 

O plano pedagógico estará norteado nos seguintes princípios:

  • Currículo Centrado no Cuidado
  • Currículo orientado ao aprendizado centrado no residente
  • Currículo integrado coma rede de apoio matricial externo
  • Currículo priorizando a formação de residentes/preceptores

A residência esta alicerçada em seis grandes eixos representados em um corte transversal graficamente. Estes eixos têm três características: eixos de educação permanente, eixos de educação continuada e eixo de formação estratégico.

  •  Atendimento supervisionado por médicos especialistas em família e comunidade;
  •  Treinamento em serviços de atenção primária, secundária e terciária onde são desenvolvidas atividades específicas da formação em MFC;
  •  Aulas teóricas;

As atividades advêm das Unidades Básicas de Saúde Vila Iris, João Manoel, Pedroso e Vila Nova. Em 2020, a Residência Médica realizou quase 30 mil atendimentos.

A Comissão de Residência Médica-COREME UnirG e composta pelos seguintes membros:

Supervisor do Programa de MFC: Dr. Vladimir Tamayo Maestre

Coordenador da COREME: Dr. Yuniel Martinez Hernandez

Coordenadores administrativos e pedagógicos:

Msc. Sávia Denise S. Carlotto Herrera

Adm. Luana Katiúcia de Oliveira Medrado

Representante de Serviços Conveniados – Secretaria Municipal de Saúde de Gurupi: Marcus Vinicius Cardoso de Faria

Representante CRM-TO: Dra. Mônica Mendonça Vieira Marcolino

Representante de Serviços Conveniados SESAU: Dr. Fábio R. de Morais




UnirG
Prefeitura

Nossas Redes Sociais