Ao continuar navegando você concorda com as Políticas de Privacidade desse site.

Rádio UnirG

UnirG – Universidade de Gurupi
UnirG – Universidade de Gurupi

Financiamentos



CrediUnirG Plus

O Programa de Financiamento Estudantil da UnirG – CrediUnirG Plus – financia parcialmente cursos de graduação. São três condições de financiamento: 70%, 50% ou 30%. Não deixe de realizar seu sonho e escolha já o curso que “cabe no seu bolso”.

Requisitos:

Somente poderá manifestar interesse em aderir ao CrediUnirG Plus o acadêmico que preencher, cumulativamente, os seguintes requisitos:

a) Não ser beneficiário de outra modalidade de financiamento estudantil;

b) Ter ingresso na Instituição a partir do semestre 2018/1.

Fases do financiamento:

O valor financiado compreenderá duas fases distintas: a primeira, a de utilização, que durará enquanto o acadêmico estiver cursando, mais o período de carência; nesta, fase, o capital utilizado será atualizado monetariamente a cada semestre pelo IGPM + 1% (um por cento) de juros ao mês. A segunda fase compreende a fase de reembolso, que deverá ser feito em moeda corrente ou prestação de serviços à comunidade em órgãos públicos da administração municipal direta e indireta, conforme regulamentação específica.

GRUPO – 01 – 70% Financiado

Cursos

  • Ciência da Computação
  • Jornalismo
  • Letras
  • Pedagogia

GRUPO – 02 – 50% Financiado

Cursos

  • Administração
  • Educação Física (bacharel e licenciatura)
  • Ciências Contábeis
  • Farmácia
  • Fisioterapia

GRUPO – 03 – 30% Financiado

Cursos

  • Odontologia
  • Psicologia

O Programa de Financiamento Estudantil da UnirG – CrediUnirG Plus – financia parcialmente cursos de graduação. São três condições de financiamento: 70%, 50% ou 30%. Não deixe de realizar seu sonho e escolha já o curso que “cabe no seu bolso”.

Requisitos:

Somente poderá manifestar interesse em aderir ao CrediUnirG Plus o acadêmico que preencher, cumulativamente, os seguintes requisitos:

a) Não ser beneficiário de outra modalidade de financiamento estudantil;

b) Ter ingresso na Instituição a partir do semestre 2018/1.

Fases do financiamento:

O valor financiado compreenderá duas fases distintas: a primeira, a de utilização, que durará enquanto o acadêmico estiver cursando, mais o período de carência; nesta, fase, o capital utilizado será atualizado monetariamente a cada semestre pelo IGPM + 1% (um por cento) de juros ao mês. A segunda fase compreende a fase de reembolso, que deverá ser feito em moeda corrente ou prestação de serviços à comunidade em órgãos públicos da administração municipal direta e indireta, conforme regulamentação específica.

GRUPO – 01 – 70% Financiado

Cursos

  • Ciência da Computação
  • Jornalismo
  • Letras
  • Pedagogia

GRUPO – 02 – 50% Financiado

Cursos

  • Administração
  • Educação Física (bacharel e licenciatura)
  • Ciências Contábeis
  • Farmácia
  • Fisioterapia

GRUPO – 03 – 30% Financiado

Cursos

  • Odontologia
  • Psicologia

PROCEDIMENTOS PARA CREDENCIAMENTO A PRESTAÇÃO DE SERVIÇO CREDIUNIRG

O Financiamento Estudantil CrediUnirG compreenderá em duas fases distintas: a primeira fase refere-se à utilização do benefício, que durará enquanto o(a) DEVEDOR(A)/BENEFICIÁRIO(A) estiver cursando a graduação, somado ao período de carência, de modo que, o capital utilizado oportunamente será devidamente atualizado a cada semestre pelo IGPM + 1% (um por cento) de juros a.m. A segunda fase compreende a fase do reembolso, o qual deverá ser feito em moeda corrente ou prestação de serviços à comunidade em órgão públicos da administração municipal direta e indireta.

A prestação de serviço, é uma forma que o acadêmico beneficiário do CrediUnirG, possui de custear a parte financiada através de serviços prestados à Universidade de Gurupi – UNIRG, conforme art. 6º da Lei Mun. nº. 2.371 de 20/12/201. Observe os itens abaixo, para aderir a prestação de serviço:

1. Para o acadêmico que está cursando a graduação, a adesão deverá ocorrer a partir do 3º período do curso;

2. Para o acadêmico formado, a adesão deverá ocorrer até 01 (um) anos após a conclusão, conforme Parag. 3º, art. 6º, da Lei Mun. nº 2.371 de 20/12/2017;

3. O procedimento de Adesão é realizado através do Link de Acesso ao Credenciamento para prestação de serviço, logo abaixo;

4. Após o cadastro no link, aguarde o contato do Departamento de Financiamento Estudantil, que ocorrerá mediante a necessidade dos departamentos da instituição, da prestação de serviço em questão;

5. A jornada de trabalho poderá ser de no mínimo 20h semanais ou 40h semanais;

6. O valor da hora para o acadêmico que está cursando a graduação, referente a prestação de serviço, será calculada conforme o salário mínimo, enquanto para o prestador de serviço que já concluiu a graduação, o valor da hora é fixo, que refere a R$ 9,00 (nove reais);

Exemplo: O cálculo do valor a ser abatido ao final de cada mês: Exemplo: Acadêmico FORMADO: Jornada de trabalho de 04 horas semanais:  20h semanal X 4semanas= 80h X R$9,00= R$ 720,00 a ser compensado nas parcelas da parte financiada.

7. Ao final de cada mês o Departamento Administrativo, no qual o acadêmico está vinculado, enviará a folha de ponto de prestação de serviço, devidamente assinada pelo prestador de serviço e o Gestor responsável, para as compensações devidas.

8. Ocorrendo a desistência da prestação de serviço, a qualquer tempo, o acadêmico deverá assinar o Termo de Cancelamento da Prestação de Serviço, no departamento de Financiamento Estudantil, e só poderá prestar serviço novamente, após a conclusão do curso;

Para o cálculo do valor a ser deduzido por hora de efetiva prestação de serviços, considerou-se, nos termos das Portarias da Presidência da Fundação UnirG n. 230/2019 e alterações da Portaria n.º 111/2020, o valor base do cargo de referência (assistente administrativo), é baseado no Salário Mínimo vigente e o valor base dos cargos de nível superior que é R$1.800,00 (mil e oitocentos reais), dividiu-se por 200h (duzentas horas) mensais, levando-se em consideração duas casas decimais após a vírgula no resultado do cálculo.

 

O acadêmico que tiver disponibilidade, preencha o formulário de Adesão a Prestação de Serviço abaixo:

 

LINK DE ACESSO AO CREDENCIAMENTO PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇO

 

 

1 - FNDE – FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO: é uma autarquia vinculada ao Ministério da Educação que possui como objetivo a execução de políticas educacionais desse ministério. O grande objetivo do FNDE é transferir recursos financeiros e prestar assistência técnica aos estados, municípios e ao Distrito Federal, para garantir uma educação de qualidade a todos. Clique no link abaixo, para ter mais informações sobre o FIES:

Portal do FNDE - FIES : Sobre o FIES, Alertas importantes, Monitoramento FIES, Novo Fies, Comitê Gestor do Fies


1.1 - Para obter informações, sanar dúvidas ou realizar o registro de suas demandas, você localizará com facilidade as informações disponibilizadas pelo MEC, bem como realizará o registro das suas demandas no Fale Conosco, por meio do endereço eletrônico a seguir. Havendo dúvidas, o Manual de Acesso ao Fale Conosco está disponível na parte superior da tela: https://mecsp.metasix.solutions/portal


1.2 - Central de Atendimento Ministério da Educação: 0800 616161 – opção 1 FIES.


2 -  CAIXA ECONÔMICA FEDERAL: A CAIXA atua no Novo FIES como agente único, responsável pelos papéis de Agente Operador, Agente Financeiro e Gestor de Fundos Garantidores. Clique no link abaixo, para ter mais informações sobre a parte financeira, como boletos, cartilha, comunicados do Novo FIES etc.:

FIES - Financiamento Estudantil Caixa Econômica Federal

 

  •     Vantagens
  •     Boletos
  •     Cartilha de orientações
  •     Prorrogação Renegociação FIES
  •     Comunicados do Novo FIES – Encontrará as publicações dos Aditamentos Extemporâneos, Prorrogações de Aditamentos, Dilatações, etc.
  •     Parcelamento da Coparticipação


O sifesweb.caixa.gov.br, refere-se ao canal de atendimento da Caixa Econômica Federal com o acadêmico, para o acesso aos serviços de: renovação de contrato, dilatação, suspensão, transferência, impressão de boletos etc. Leia a Cartilha do Estudante.

Sistema Informatizado do FIES (http://sifesweb.caixa.gov.br/)

 

2.1- Central de Atendimento Caixa Econômica Federal: 0800 104 0104 / 0800 726 0101.

Criado pelo governo federal em 1999, o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) é um programa do Ministério da Educação (MEC) que viabiliza o ingresso ao ensino superior. Destinado ao financiamento da graduação de estudantes que não têm condições de pagar as mensalidades das faculdades da rede de ensino privada. Como se trata de um empréstimo, ao concluir o curso, o estudante beneficiário terá de pagar a dívida.
O programa de financiamento passou por diversas reformulações ao longo dos anos e, em uma das suas últimas mudanças, passou a ser conhecido como o Novo Fies. Intitulando-se como um financiamento mais moderno.

 

INFORMAÇÕES SOBRE O FIES 2022/1

 

CURSOS CONTEMPLADOS no 1º/2022: Administração, Ciências Contábeis, Educação Física (Licenciatura), Jornalismo, Pedagogia, Psicologia.

Conforme Portaria MEC n° 209 de 07/03/2019, o Fies é destinado à concessão de financiamento a estudantes em cursos superiores não gratuitos e com avaliação positiva nos processos conduzidos pelo Ministério da Educação - MEC, nos termos da Lei nº 10.260, de 2001, e desta Portaria.  Clique aqui para a leitura da Portaria MEC n° 209 de 07/03/2019.

 

CRONOGRAMA DE INSCRIÇÃO: Conforme Edital Processo Seletivo FIES para o 1º/2022 - no 04 de 18/01/2022.

É importante ressaltar que toda a seleção dos estudantes pelo Programa de Financiamento Estudantil (FIES) é realizada, exclusivamente, pelo MEC, sem nenhuma interferência da Instituição na seleção dos candidatos.

Todo o processo de adesão é realizado por meio do sistema de seleção do Fies – FiesSeleção, no endereço eletrônico http://portalfies.mec.gov.br/. O acadêmico deverá ter cadastro no “Login Único” do governo Federal e criar uma conta gov.br. Veja o vídeo explicativo sobre como se inscrever no FIES no portal fies.

 

1º PASSO - PERÍODO DE INSCRIÇÃO para o 1º/2022: de 08 de março de 2022 até as 23h59min do dia 11 de março de 2022.

I - Poderá se inscrever no processo seletivo o candidato que participou do ENEM, a partir da edição de 2010 e tenha obtido média aritmética das notas nas cinco provas igual ou superior a 450 (quatrocentos e cinquenta) pontos e nota superior a 0 (zero) na redação, assim como não tenha participado no referido Exame como “treineiro”;

II - Para se inscrever é necessário que o candidato possua renda familiar mensal bruta, por pessoa, até 3 (três) salários mínimos.

OBS.: A obtenção de média mínima de notas no ENEM e de observância ao limite de renda, constituem apenas critérios para a inscrição aos processos seletivos FIES, estando a realização dos demais procedimentos tendentes à contratação do financiamento do programa obrigatoriamente condicionados à classificação e eventual pré-seleção do candidato. Compete exclusivamente ao Candidato certificar-se de que cumpre os requisitos estabelecidos no Edital para concorrer ao processo seletivo referente ao semestre.

 

2º – PASSO - CLASSIFICAÇÃO: Os candidatos serão classificados no processo seletivo FIES, na ordem decrescente de acordo com as notas obtidas no ENEM, no grupo de preferência para o qual se inscreveram, atendida a prioridade indicada entre as 03 opções de curso.

 

3º - PASSO - RESULTADO DA PRÉ-SELEÇÃO: será divulgado em 15/03/2022.

 

4º - PASSO – COMPLEMENTAÇÃO DA INSCRIÇÃO: Os candidatos pré-selecionados na chamada única, deverão complementar sua inscrição para contratação do financiamento no endereço eletrônico http://portalfies.mec.gov.br/, no período de 16/03/2022 a 18/03/2022.

 

5º - PASSO – COMPARECER A CPSA: Após a complementação da inscrição o candidato pré-selecionado deverá validar suas informações em até 05 (cinco) dias úteis na CPSA-UNIRG (Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento), por meio da entrega física da documentação exigida, sendo todas as cópias autenticadas em cartório O prazo é contado a partir do dia imediatamente subsequente ao da complementação da sua inscrição no FIES.

Endereço CPSA: Centro Administrativo – FINANCIAMENTO - Av. Pará, quadra 20, lote 01 no 2432 - Bairro Engenheiro Waldir Lins II, Gurupi - TO CEP: 77423-250.

Clique aqui para acessar os documentos necessários. Documentos para Adesão ao FIES.

 

6º – PASSO - Comparecer a um Agente Financeiro (Banco): Validar suas informações em um agente financeiro em até 10 (dez) dias, contados a partir do terceiro dia útil imediatamente subsequente à data da validação da inscrição pela CPSA, por meio da entrega física, da documentação exigida, e especificada nos normativos vigentes para fins de contratação e, uma vez aprovada pelo agente financeiro, formalizar a contratação do financiamento.

7º – PASSO - Retornar a CPSA: Retornar a Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento para entrega do contrato assinado pelo Agente Financeiro e orientações sobre os boletos das mensalidades.

ATENÇÃO: Os prazos previstos referentes aos dias úteis, conforme Edital: I - não será interrompido ou suspensos nos finais de semana ou feriados; II - será prorrogado para o primeiro dia útil imediatamente subsequente, caso o seu vencimento ocorra em final de semana ou feriado nacional.

 

 

ESCLARECIMENTOS E ORIENTAÇÕES DO FUNDO DE FINANCIAMENTO AO ESTUDANTE DO ENSINO SUPERIOR - FIES

 

O Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior é um programa do Ministério da Educação do Brasil, criado em 1999, destinado a financiar a graduação na educação superior de estudantes matriculados em instituições não gratuitas. Portaria MEC n° 209 de 07/03/2019.

Os estudantes beneficiários do financiamento estudantil contam com duas fases de condições para pagamento do Fies, que começa com a contratação do financiamento e se estende até depois da conclusão do curso, entenda como funciona:

1. Fase de utilização: durante o curso o estudante deverá pagar mensalmente o valor referente ao encargo operacional fixado em contrato. Além disso, o seguro de vida também deve ser pago durante o financiamento.

2. Fase de amortização: com as novas regras do Fies, a partir de 2018 os estudantes não contam mais com o período de carência para iniciar o pagamento da dívida. Após finalizar o curso já dá início a fase de amortização.

O pagamento da dívida começa a partir do primeiro mês após a conclusão do curso, desde que o estudante possua renda o pagamento será retido da fonte mensalmente. Caso o estudante não possua renda após a finalização do curso (período de amortização), o financiamento será quitado em prestações mensais equivalentes ao pagamento mínimo, na forma do regulamento do CG-Fies. O MEC estima que o financiamento seja quitado em um período de 14 anos, considerando que a prestação respeitará a capacidade de pagamento do estudante.


    1- ADESÃO AO FINANCIAMENTO

 

O programa abre inscrição no início de cada semestre letivo. Para se inscrever é necessário acessar o site do http://portalfies.mec.gov.br/  e realizar quatro etapas que incluem desde o preenchimento dos dados pessoais do estudante, validação das informações na Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA) até a contratação do financiamento com o agente financeiro.  Veja os procedimentos a seguir:

O que é a CPSA: A Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA) é uma repartição presente nas instituições de ensino superior que aderem ao Fies, formada por cinco membros, sendo dois representantes da instituição de ensino, dois representantes da entidade máxima de representação estudantil da instituição e um representante do corpo docente também da instituição. Essa comissão é a responsável pelo acompanhamento do processo do financiamento estudantil do estudante, sendo encarregado pela validação das informações prestadas pelo estudante no ato da inscrição, além de dar início ao processo de aditamento de renovação dos contratos de financiamento.

Como funciona o processo de seleção do Fies? O processo seletivo do Fies acontece por etapas. Primeiro o estudante deve realizar a inscrição no site oficial do programa, no período divulgado no cronograma do Fies, levando em consideração os critérios exigidos pelo MEC para solicitar o financiamento, como a renda bruta familiar e a nota mínima obtida na prova do Enem de 450 pontos na soma das provas objetivas e maior que zero na redação.
Na inscrição o candidato irá escolher uma vaga que esteja de acordo com o seu perfil. Durante o período de inscrição a nota de corte pode variar constantemente, mas é possível que o candidato altere a opção de curso. A nota de corte do Fies é calculada de acordo com o número de vagas disponibilizadas e a nota dos candidatos não graduados inscritos.

Como é feito o cálculo de financiamento do Fies? O cálculo de financiamento do Fies é feito de acordo com a renda familiar bruta do candidato, bem como qual porcentagem dessa renda pode ser comprometida para o pagamento da mensalidade do curso. Fatores como aumento do valor das mensalidades ao longo do curso podem impactar na exatidão do cálculo, tornando a assertividade da conta complexa.
O Fies é o financiamento do ensino superior em instituições privadas, criado pelo governo federal. Ele oferece juros menores para o custeio das mensalidades de estudantes ao longo do curso e o pagamento desse auxílio é feito apenas ao final da graduação. Com as mudanças que ocorreram e a transformação no Novo Fies, a taxa efetiva de juros para estudantes que se enquadrem na Modalidade I (ou modalidade Fies) será zero; e, para estudantes que se enquadrem na Modalidade II e III (ou modalidade P-Fies), irá variar de acordo com o banco.

O que é a nota de corte do Fies 2021? Inicialmente o estudante escolhe uma opção de curso e, diariamente, o Fies calcula a nota de corte que é feita com base na quantidade de vagas disponíveis e a nota dos candidatos não graduados inscritos. A ordem de classificação do Fies para determinado curso será feita de acordo com a nota do Enem, então a nota de corte mínima exigida será a menor nota entre os candidatos daquele curso. Enquanto o período de inscrições estiver aberto, o estudante pode alterar quantas vezes quiser a sua opção de curso.

Resultado do Fies :  O Fies libera em chamada única o resultado com o nome dos contemplados em seu site oficial, de acordo com a data prevista no cronograma. Depois das vagas serem distribuídas aos candidatos classificados, caso o candidato não tenha sido contemplado na chamada única ainda é possível conseguir o auxílio por meio da lista de espera do Fies. A lista de espera será liberada com as vagas dos candidatos que foram chamados, mas desistiram da contratação ou não se enquadraram nas regras do programa.

Vagas remanescentes do Fies: As vagas remanescentes do Fies são as vagas que não foram ocupadas pelos candidatos contemplados na chamada regular, com isso, essas são destinadas aos estudantes que estão na lista de espera. Quem não for pré-selecionado na chamada única, será automaticamente incluído em lista de espera. Na modalidade P–Fies não existe a etapa de lista de espera.

Como é feito o desempate?  Os critérios de desempate do Fies funcionam de forma semelhante ao do Sisu, por meio da nota do Enem. A prova de redação é o primeiro critério para desempate, caso tenham dois ou mais candidatos com a mesma média de nota do resultado final do Enem. Se o empate ainda persistir, a próxima etapa analisada será seguida das provas de Linguagens, Matemática, Ciências da Natureza e Ciências Humanas.

O que é e quem pode ser o fiador do Fies? Essa é uma dúvida que permeia entre os estudantes que pretendem contratar o financiamento. Mas afinal, o que é um fiador? É uma pessoa que aceita ser responsável pela fiança de um financiamento, no caso da pessoa que contratou este, por algum motivo, não possa pagar a dívida.
Mas, é valido salientar que no caso do Fies, nem todas as modalidades necessitam de um fiador. No entanto, as pessoas que solicitaram o Fies e precisam de um fiador, tende a atender alguns critérios para escolhe-lo: não pode ser cônjuge ou companheiro, nem estudante beneficiário do Programa de Crédito Educativo - PEC/CREDUC, que não tenha quitado o financiamento, bem como cidadão estrangeiro e estudantes que também estejam usufruindo do Fies.

São dois tipos de fianças oferecidas pelo Fies que podem ser escolhidas no momento da inscrição realizada no site do SIFESWEB, sendo elas:

• Fiança convencional: nessa modalidade o candidato pode escolher até dois fiadores que tenham renda igual ao dobro do valor da mensalidade paga pelo estudante.

• Fiança solidária: já na fiança solidária, o estudante pode escolher um grupo de três a cinco pessoas que devem ser obrigatoriamente da mesma instituição de ensino e que estudem no mesmo período, não podendo ser do mesmo grupo familiar. Nesse caso, os integrantes se tornam fiadores de todos os outros do grupo.

 

    2 - DURANTE O CURSO, APÓS A ADESÃO AO FIES:

 

Alguns procedimentos são de responsabilidade do acadêmico após a adesão ao FIES, a leitura do Contrato assinado junto ao Banco é obrigatória, assim como a leitura da Cartilha do Estudante. Disponibilizamos também os links - Fonte: Cartilha do Estudante - Cartilha do Estudante NOVO FIES.

O sifesweb.caixa.gov.br, refere-se ao canal de atendimento da Caixa Econômica Federal com o acadêmico, para o acesso aos serviços como: renovação de contrato, impressão de boletos etc. Sistema Informatizado do FIES http://sifesweb.caixa.gov.br/

Pagamento das obrigações mensais: o financiado obriga-se a pagar, mensalmente, as prestações referentes a coparticipação, mais as tarifas devidas ao agente financeiro e ao agente operador, além do seguro prestamista. Durante a suspensão da utilização do financiamento, caso o acadêmico suspenda o financiamento em algum semestre, será exigido o pagamento dos encargos mensais.

Aditamento do FIES: o acadêmico contemplado com o FIES deverá todo início de semestre realizar o aditamento semestral, ou seja, a renovação do contrato. O processo de aditamento ocorre em conjunto entre o estudante e a CPSA da instituição de ensino.

A CPSA lança os valores da semestralidade, referente ao semestre a ser renovado, no site do SIFESWEB e o acadêmico realiza a validação, acessando com seu login e senha, a opção CONTRATO FIES: Sistema Informatizado do FIES (http://sifesweb.caixa.gov.br/).

O estudante deve estar adimplente para realizar o Aditamento de Renovação. Ressaltamos que a adimplência é verificada nos sistemas Caixa, portanto boletos pagos podem demorar até 5 dias uteis, a depender do canal de pagamento, para contabilizar nos sistemas.

Dilatação do financiamento: acontece caso o estudante precise estender o prazo para utilização do financiamento, podendo acontecer por até 04 (quatro) semestres consecutivos. Ex.: O acadêmico contrata o financiamento por 6 (seis) semestres, caso não conclua o curso nesse tempo, deverá solicitar a ampliação do tempo no site do SIFESWEB com o login e senha, opção CONTRATO FIES.

Suspensão do financiamento: o acadêmico poderá, observado o prazo regulamentar, requerer a suspensão da fase de utilização do financiamento por até 02 (dois) semestres consecutivos. Os semestres suspensos temporariamente serão considerados como de efetiva utilização do financiamento. O acadêmico solicita a suspensão no site do SIFESWEB com login e senha, opção CONTRATO FIES.
Não é possível suspender o semestre vigente caso o semestre anterior esteja sem aditamento ou suspensão. O pedido de suspensão pode ser realizado até o dia 15 de cada mês, com validade a partir do primeiro dia do mês seguinte ao da solicitação. Para demandar suspensão do primeiro semestre, a solicitação deve ser realizada de janeiro a maio. Para suspensão do segundo semestre, a solicitação deve ser realizada de julho a novembro.
A Suspensão pode ser Integral ou Parcial.
Integral: na situação em que o estudante não realizou o aditamento de renovação do semestre vigente, a suspensão é integral. Não haverá repasse de parte financiada de nenhum mês do referido semestre, porém a coparticipação é devida até o mês da efetivação da suspensão.
Parcial: na situação em que o estudante realizou o aditamento de renovação do semestre vigente, a suspensão é parcial. Haverá repasse da parte financiada até o mês da efetivação da suspensão, bem como a coparticipação é devida até a data em questão.

Transferência de curso ou de IES: o financiado poderá solicitar formalmente a transferência de curso ou de IES no SIFESWEB, observando o prazo regulamentar e mediante validação pela CPSA de origem e de destino. A transferência somente poderá ser solicitada pelo financiado no período de aditamento, desde que não tenha sido iniciada a formalização de aditamento renovação semestral ou de suspensão temporária da utilização do financiamento para o semestre referente à solicitação. O acadêmico realiza a solicitação no site do SIFESWEB com login e senha, opção CONTRATO FIES.

Encerramento antecipado por iniciativa do estudante: O financiado poderá, observado o prazo regulamentar, requerer o encerramento antecipado do período de utilização do financiamento em caráter irrevogável e irretratável, observando que: Não poderá mais aditar o contrato, ressalvados os casos de substituição de garantia e de Fiadores; Não terá direito a um novo financiamento; O encerramento antecipado do período de utilização não dispensa o FINANCIADO do pagamento do saldo devedor do financiamento, incluindo todos os encargos contratuais devidos. O acadêmico realiza a solicitação no site do SIFESWEB com login e senha, opção CONTRATO FIES.


3 – APÓS A CONCLUSÃO DO CURSO

 

Início do pagamento, após a conclusão do curso: com as novas mudanças, também foi estabelecido o fim da fase de carência de 18 meses para início do pagamento do financiamento. Agora o estudante irá iniciar o pagamento no mês seguinte ao término do curso. Mas, e se o estudante não tiver renda? Caso não esteja empregado, poderá quitar as prestações de forma mensal equivalente ao pagamento mínimo do financiamento.

Após fazer a utilização do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) o estudante precisa realizar o pagamento do Fies. O programa financia o curso enquanto você estuda, porém, quando você se forma ele cobra o pagamento integral ou parcelado do financiamento.

É importante lembrar que para os contratos firmados até 2017, o estudante que concluir o curso tem um período de carência de 18 meses para começar a pagar as parcelas do financiamento, porém, nesse prazo devem ser pagos os boletos trimestrais referentes aos juros. Já os estudantes que fizeram contrato com o Fies a partir de 2018 iniciará o pagamento no mês seguinte ao término do contrato.

Orientações para o pagamento FIES nos bancos: O pagamento da dívida depende muito do banco onde foi firmado o contrato do financiamento estudantil e também de qual modalidade o estudante escolheu: FIES ou o P-Fies. Programa de Financiamento Estudantil (P-Fies) a forma de pagamento é definida pelo agente financeiro escolhido, geralmente baseada nas regras do Fies. Se a instituição financeira escolhida foi a Caixa Econômica Federal, o financiado deverá realizar o pagamento através de boletos enviados todo mês para a residência do estudante. Se o boleto não chegar, é possível imprimir http://sifesweb.caixa.gov.br/. Site SIFESWEB: CONTRATO FIES > CONTRATO > BOLETO(S) EM ABERTO.

 

sisfiesportal.mec.gov.br

sisfiesaluno.mec.gov.br

O aditamento de renovação semestral do contrato de financiamento, simplificado e não simplificado, deverá ser realizado por meio do Sistema Informatizado do FIES (http://sisfiesportal.mec.gov.br/)

Legislação

 

A Fundação UnirG firmou termo de Acordo de Cooperação Técnica com o Sistema de Cooperativa de Crédito, Poupança e Investimento – Sicredi. A parceira visa concessão de crédito universitário aos associados, alunos aprovados em vestibular ou regularmente matriculados nos cursos da área da saúde, Campi de Gurupi e Paraiso/TO.

O crédito pleiteado pelo aluno será submetido a análise da Cooperativa, e poderá financiar desde o 1º período do curso. Para garantir o empréstimo o aluno terá que observar os seguintes requisitos:

  • Todo o procedimento de adesão ao Financiamento é realizado no Banco SICREDI em Gurupi ou Paraiso/TO;
  • O acadêmico e o avalista*, devem ter conta no banco SICREDI;
  • O acadêmico e o avalista, não podem ter restrição no nome;
  • O avalista tem que ter renda 02 (duas) vezes e meia superior a mensalidade do curso pleiteado;
  • As parcelas são fracionadas de acordo com o período que está estudando. Por exemplo, se ele financiar um semestre irá começar a pagar apenas no seguinte, tendo até sete meses de carência para começar a pagar;
  • A cada semestre é necessário renovar o financiamento, entre outras exigências;

Os interessados devem comparecer as Agências Bancárias SICREDI em Gurupi ou Paraíso:

Acadêmicos do Campus de Gurupi: Agência SICREDI: Endereço: Av. Maranhão, esquina com Rua 20. Horário de Atendimento: 11:00 as 16:00

Telefones para contato: 3312-6706 / 3312- 0235 / 63 9919-2669

 

Acadêmicos do Campus de Paraíso: Endereço: Av. Castelo Branco, 816 - Centro, Paraíso do Tocantins. Horário de Atendimento: 11:00 as 16:00

Telefones para contato: 63 3361-0150 / 63 9917-6221.

 

*Definição de Avalista: Avalista, é aquele que aceita ser responsável pelo pagamento do empréstimo ou financiamento realizado por outra pessoa, assumindo o risco de que, se o devedor não pagar, ele será responsável.

Telefone: (63) 3612-7704

E-mail CREDIUNIRG: crediunirg@unirg.edu.br

E-mail FIES: fies@unirg.edu.br




UnirG
Prefeitura

Nossas Redes Sociais