Publicado em 22 Dezembro 2016

O presidente da Fundação UnirG, Sávio Barbalho, publicou nesta quarta-feira, 21, uma portaria para regulamentar o horário de funcionamento e o sistema de registro eletrônico de ponto dos servidores técnico-administrativos e professores da Fundação e Centro Universitário UnirG.

 

Conforme Barbalho, o sistema será com identificação biométrica (leitura das impressões digitais). “O cadastramento da digital dos servidores e docentes será a partir de 11 de janeiro, conforme um cronograma a ser divulgado pelo Núcleo de Tecnologia e Informação (NTI) da Instituição. O sistema está previsto para começar a funcionar a partir de 20 de janeiro”, afirmou o presidente.

 

O Departamento de Recursos Humanos (DRH) irá supervisionar a implantação e coordenar a

gestão do sistema de ponto eletrônico.sávio ponto

 

De acordo com a gestora do DRH, Aline Neves, “os servidores que se encontrarem ausentes no período do cadastramento, por motivo de férias, licenças e afastamentos por atestados médicos, realizarão o cadastramento das digitais quando retornarem as suas atividades”, disse.

 

Os equipamentos foram instalados no campus I (02 relógios, 01 em cada prédio), campus II (01 relógio próximo ao CAP), Centro Administrativo (01 relógio), Ambulatório da UnirG (01 relógio), Clínica de Odontologia (01 relógio), Núcleo de Práticas Jurídicas (01 relógio), entrada do prédio da Reitoria (01 relógio), Núcleo de Estágio de Saúde (01 relógio) e Serviço Escola Psicologia(01 relógio).

 

Os servidores deverão registrar diariamente as entradas e saídas, no início e fim de cada turno da jornada de trabalho. Os agentes de vigilância que cumprem jornadas de 12x36 ininterruptas de descanso registrarão a sua frequência de acordo com a escala de plantão, além da entrada e saída, também a cada duas horas. 


Já os professores deverão registrar apenas as horas comuns, início da primeira aula e término da última aula, por turno, devendo as horas diversificadas serem controladas pelas coordenações de cursos e ratificadas pela Pró-reitora de Graduação e Extensão (Pgrad).

 

Para os servidores auxiliares de serviços gerais, o gestor deverá definir os horários conforme a necessidade de cada unidade, observando o cumprimento de 40 horas semanais, as quais deverão ser registradas no ponto eletrônico.

 

Apenas os cargos comissionados que efetivamente exercem a gestão e coordenação de suas unidades estarão dispensados do registro eletrônico, por se submeterem ao regime de dedicação integral podendo ser convocados sempre que houver necessidade do serviço.

 

Gildásio pontoO sistema de registro eletrônico de ponto com identificação biométrica tem por finalidade: racionalizar a rotina de controle de assiduidade e pontualidade, proporcionando transparência no processo de registro; armazenar dados de forma sistematizada e permitir acesso rápido às informações pelo servidor, chefia imediata, área de gestão de pessoas e órgãos de controle. 

 

“A ideia de implantação do ponto eletrônico visa qualificar ainda mais o serviço público prestado. A pontualidade do servidor público é um dos principais quesitos observados/exigidos pelo contribuinte”, frisou Barbalho.

 

No caso de ausências comprobatórias autorizadas por lei, como atestados médicos e odontológicos, deverão ser encaminhados ao DRH em até 48 horas a contar da data de afastamento, com exceção de impedimentos devidamente justificados, sob pena de considerar ausência não justificada.

 

A Assessoria de Comunicação da UnirG está planejando uma campanha na Instituição e nas mídias sociais, com panfletos e banners, para popularizar e tornar compreensivas as regras previstas na portaria.

 

Confira os horários de funcionamento da Instituição e outras informações na Portaria 1117/2016 completa, clicando aqui.

 

Mais informações pelo telefone (63) 3612-7558.